Alerta! O mundo deve ser preparar para novas pandemias, segundo especialistas

 Alerta! O mundo deve ser preparar para novas pandemias, segundo especialistas

Algo que ficou de lição dessa grande pandemia mundial é que o surto de uma nova doença é muito rápido e em pouco tempo ela pode se espalhar em todo o mundo, e  com isso uma vacina eficaz ainda não estará a disposição para combater essa doença. Assim como o novo coronavírus pegou o mundo todo de surpresa, certamente outras doenças aparecerão e talvez com um poder de destruição ainda maior.

Já tivemos exemplos de grandes pandemias mundiais antes que devastaram milhões de pessoas como a H2N2, Influenza, Gripe Russa, Gripe Asiática, H3N2 e as últimas que talvez sejam mais conhecidas como a Influenza H1N1 e a Gripe Suína. E agora a pandemia causada pela Covid-19, com certeza essa não será a última devido a história do mundo, portanto é necessário nos prepararmos melhor para que quando ela aparecer não cause tanto estrago como desta vez.

Segundo a virologista Camila Malta Romano, especialista que atua na USP. Essa está longe de ser a última pandemia que vamos enfrentar em caráter mundial. Ela ainda sita que não é questão de “se” e sim de “quando” irá surgir essa nova pandemia.

Portanto alerta na importância de nos prepararmos melhor como população mundial e com a nova adaptação para o combate dessa pandemia que vivemos aprendermos novos hábitos e continuarmos a fazê-los. Para que assim estarmos dando um grande passo para evitar outros surtos de novas doenças que possam aparecer daqui para frente.

Só quem perdeu um ente querido nessa grande pandemia sabe a real importância de se cuidar e cumprir todas as medidas de segurança recomendadas, para que assim evite uma contaminação sua e com isso não leve para seus entes queridos que estão de quarentena por estarem no grupo de risco. Vemos que o maior índice de contaminação de uma pessoa do grupo de risco é por alguém mais jovem de sua família.

Por isso é importante sempre se cuidar e ter consciência que daqui para frente mesmo que a cura seja liberada para a população que próximas doenças podem aparecer e precisamos estar preparados.

Fonte: BBC Brasil

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *