Lembra do garoto que teve a testa tatuada? de ¨ladrão e vacilão¨? Veja como ele mudou

 Lembra do garoto que teve a testa tatuada? de ¨ladrão e vacilão¨? Veja como ele mudou

A juíza Sandra Regina Nostre Marques, da primeira Vara Criminal da cidade de São Bernardo do campos, condenou o garoto Ruan Rocha da Silva, de apenas 19 anos, a Quatro anos e Oito meses de prisão em regime semi-aberto.

Ele ficou famoso depois de ter a citação “ eu sou ladrão e vacilão” tatuada na frente da testa por 2 homens em julho de 2017. O julgamento da juíza foi tomada em audiência de ensinamento realizada no fórum da município do ABC Paulista nesta terça-feira (10)

O jovem foi encarcerado em flagrante por latrocínio de um telefone celular e um suéter de funcionárias de uma unidade de saúde em Ferrazópolis, em São Bernardo do Campo, em 14 de fevereiro deste ano.

Por esse crime, ele já cumpriu sete meses de tomada. “Com 1/6 terminado, dos 4 anos e 8 meses, ele pode aumentar para o regime aberto e prosseguir a liberdade “, disse Ariel de Castro Alves, advogado e conselheiro do Condepe.

Na decisão, a juíza afirma que o culpado é perigoso para coabitar em clube. E, dessa forma, ele não será capaz de utilizar em liberdade.

Após ser Considerado culpado pelos seus crimes ele demonstrou ser um indivíduo perigoso para o convívio social comunitário.

haja ideia o emprego de violência exercida em oposição a uma das vítimas, considerando, também, que o culpado já se viu dissimulado com a Justiça, também no momento em que menor, às voltas com a execução de práticas infracionais, a situação evidenciada no caso tangível justifica a preservação de sua prisão preventiva”, disse a juíza na voto.

FONTE: GLOBO.COM

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *