Mãe mata filho para proteger companheiro que queria mata-la minutos antes

 Mãe mata filho para proteger companheiro que queria mata-la minutos antes

“Soubemos que o pai dele conversou com ele no hospital e uma prima o acompanhou quando ele foi transferido para Porangatu. Vou ouvi-los amanhã para saber se ele [vítima] disse alguma coisa que possa ajudar nas investigações”, explicou.

Lucivânia Lopes, disse que cometeu o crime por legitima defesa dela e de seu companheiro. Pelos relatos, parece que a mãe do jovem se separou de seu pai e arrumou outro companheiro e eles não tinham uma boa relação.

Polícia investiga se houve participação do padrasto

https://1c9b58b2223c566f485a88608497a2a2.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

A polícia disse que a apesar da confissão feita pela mulher, não descarta que o padrasto do menino tenha algum envolvimento no crime. Até a manhã desta quarta-feira (21), ele não fora encontrado para prestar depoimento.

Mesmo a mãe dizendo que matou seu filho para se defender de suas agressões, o patrão do jovem disse que viu Junior recebendo uma mensagem avisando que sua mãe estava brigando com o companheiro. Em seguida ele foi para a casa dela. O patrão do jovem contou também que ao chegar na casa a mãe de Junior e seu padrasto estavam armados, ela com uma faca e o companheiro com um machado. Então Junior foi defender a mãe e partiu para cima do padrasto e ela pegou e o esfaqueou para defender o companheiro.

Junior foi socorrido e levado para o hospital de Mutunópolis, mas devido à gravidade do ferimento, ele foi remanejado para o hospital de Porangatu, onde antes de morrer conversou com seu pai. E na madrugada de sábado (17). veio a falecer.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *