Dono da RedeTV! chama Xuxa de ‘decadente’ após derrota na Justiça

 Dono da RedeTV! chama Xuxa de ‘decadente’ após derrota na Justiça

No final de outubro, a apresentadora Xuxa que mantem contrato com a Record entrou com um processo contra o grande apresentador Sikêra Jr onde ela faz alguns pedidos um tanto que absurdos. Dentre eles está o pedido para que a Justiça tire do ar o programa “Alerta Nacional” comandado por Sikêra Jr. na RedeTV!

O despacho com a decisão do magistrado relator do caso se espalhou rapidamente pela internet. O juiz negou o pedido de Xuxa para tirar o programa do ar. O juiz argumentou o seguinte em seu despacho: “Processe-se o recurso, sem efeito suspensivo, diante da ausência de plausibilidade dos argumentos articulados, sobretudo porque eventual exagero do conteúdo das informações/reportagens dependeu de avaliação futura e mais aprofundada, sem embargo da possibilidade, em tese, da retirada do programa do ar, sob pena de censura prévia”.

Nesta sexta(20) até mesmo o dono da emissora RedeTV! usou suas redes sociais para comentar a situação e a “arrogância” da contratada da Record. Ele escreveu: “É incrível a arrogância dessa Xuxa e outros que estão parados no tempo em que uma emissora mandava no Brasil. Decadente. Recomendo a eles a leitura do ótimo Declínio e Queda do Império Romano, de Edward Gibbon”, escreveu ele em sua conta do twitter.

Além do pedido para que o programa saia do ar, Xuxa ainda pede uma indenização de R$500 mil reais, a demissão do apresentador e a cassação do título de jornalista. A internet não recebeu bem a abordagem da contratada da Record e muitos tem criticado duramente a apresentadora em suas redes sociaias.

A confusão entre os apresentadores começou  no início de outubro após as duras críticas de Sikêra Jr a Xuxa. Ele a acusou de fazer apologia às drogas e condenou o livro infantil com temática LGBT que lançou recentemente. O livro conta a história de uma garotinha que tem duas mães.

Fonte: Uol

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *